“Algo que aprendi foi que, diante do amor verdadeiro, não se desiste. Mesmo que essa pessoa implore que desista.”

 

Advertisements

Os fins justificam os meios?

O fim nunca justificará os meios utilizados para conquistá-lo.

Na prática, o assunto é oposto ao afirmado, pois os meios ou instrumentos escolhidos para conquistar objetivos determinados revelam a natureza de quem os escolheu tanto quanto o próprio objetivo pretendido.

A qualidade do caminho trilhado é infinitamente mais importante do que o fim desse, é a maneira com que você escolhe andar pela trilha da vida o que justifica aonde você chegará, que tipo de pessoas se associarão a você e, também, as diversas vicissitudes que tentarão avisar você de excessos que seriam contrários ao plano maior em que tudo se desenvolve.

Sim, há um plano maior!

Ainda que nós não saibamos enunciá-lo ou explicá-lo, nada disso o torna menos real.

Tempo

Tempo

  Só o tempo nos ensina a imprevisão das coisas, a impossibilidade que não nos damos conta, os atalhos, as placas que entendemos errado pelo caminho. (Cáh Morandi)