Deveria ser mais fácil


Deveria ser mais  fácil esquecer alguém
Deveria ser como um click em um botão e um estalar de dedos
Para onde eu vou? o que eu faço quando sinto o aperto no coração?
A saudade só vem avisar que ainda não esqueci.
O tempo só faz passar, os minutos e os segundos
Meus olhos não conseguem discenir
O que faço quando as lágrimas persistirem em cair?
Deveria ser mais fácil
Eu me recolho e tento me distrair, mas o pensamento volta a me trair
O medo me faz recuar tentando ir longe de mais
Depois o mesmo, tudo volta a girar
É só a saudade para avisar que eu ainda não esqueci
E o tempo só faz passar, os minutos e os segundos
Meus olhos não conseguem discenir
Para onde foram minhas palavras?
Para onde foram minhas lágrimas?
Escorreu em minhas mãos como areia do tempo
Eu assisto um novo começo todos os dias
Cada pôr do sol e eu vejo a lua brilhar no céu
Interminávelmente, inderteminávelmente, incansávelmente
O que eu faço quando existe o aperto no coração?
Para onde eu vou?
Deveria ser seguro

Deveria ser fácil…

Autoria:

 






Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s