Felicidade

Felicidade pra mim eh:

-Ter uma melhor amiga desde a infancia
-Tomar suco de maracuja com a colher dentro do copo
-Ter a vo morando na mesma casa
-Incenar ‘ video clipes ‘ para os amigos
-Acreditar que o poster do Brad Pitt proteje qndo esta escuro
-Bordar um bone com o nome da banda preferida
-Brincar de Barbie ate os 15 anos
-Nas ferias trocar a noite pelo dia so pra conversar
-Colocar espuma no sofa e fazer de escorrega
-Assistir filmes de terror toda sexta feira 13
-Comer pao com salaminho
-Conversar de madrugada sentada no chao da cozinha
-Ter a casa de boneca dos sonhos
-Fazer cafe da manha surpresa para os pais
-Escrever um livro aos 13 anos
-Rir das mesmas historias por anos e anos
-Colecionar fotos de artistas
-Fazer um album de fotos com recortes de revista como se fosse vc no futuro
-Escrever no diario como se ele fosse um amigo
-Ter um pacinho de danca com alguem

-Ter tido uma ferias de verao inesquecivel
-"Herdar" as roupas do Trem da alegria
-Ter um monte de primos
-Poder ver a Xuxa da Janela da sala pq a Marlene Mattos mora na frente do seu predio
-Filmar o paquera no ultimo dia de aula do colegio e assistir ao video mil vezes
-Tomar "gummy" na garrafa de Coca-cola de 1 litro
-Pintar livro de colorir,colocar a data e assinar o nome no final da pagina
-Buscar o bolo de aniversario de bicicleta com a amiga de carona na garupa
-Inventar maneiras de falar
-Brincar de "pique susto" com os primos
-Fazer trocadilhos com letras de musicas e morrer de rir
-Comer no mc donald’s todos os sabados com o pai
-Andar de patins com um blusao da Madonna
-Ler esse texto com um sorriso no rosto lembrando de cada momento tao especial que me faz ser sempre uma pessoa tao feliz!
Advertisements

Não julgares

Umas das grandes dificuldades a serem vencidas pela humanidade, dentre outras, tem sido a impulsiva propensão ao julgamento dos semelhantes.

Desnecessário dizer que, na maioria das vezes, tais julgamentos têm conotação depreciativa, enfatizando as imperfeições alheias.

Agimos nesse campo como verdadeiros egoístas que somos, além de nos mostrarmos ainda cegos e injustos, pois em grande parte das vezes em que nos pomos a julgar nossos irmãos deixamos de ver, ou reconhecer, que somos igualmente portadores de semelhantes falhas, quando não mais graves.

Depreciar, Difamar, ofender ou diminuir a integridade alheia é profunda falta no campo da caridade e prova de insensibilidade.
"Vês um argueiro no olho de teu irmão, mas não enxergas a trave em teu próprio olho."