Amor…

Eu pensei que o amor fosse simples
Que eu saberia certamente quando o encontrasse
Que não escaparia de mim por entre os dedos tão facilmente
Mas parece que eu estava enganada
Acreditava que todas as palavras poderiam ser sinceras
Que o amor fosse uma coisa pura
Que não me machucaria tanto
Que não fizesse meu coração sangrar
Mas parece que eu me enganei
Todo tempo eu me enganei
Preciso virar a página desse livro
Apesar de tudo, o capítulo sempre muda
Eu não posso acreditar que o amor é tão banal
Eu quero acreditar que pode dar certo
De novo e de novo
Posso continuar
Em qualquer estória de amor
Deveria jamais haver adeus
Porque isso é tão difícil de dizer
Dizem que o amor verdadeiro nunca vai embora
Fica dentro da alma
Não importa o que faça, permanece.
Então isso permanecerá com você por um bom tempo
Dizem que o amor é livre e não egoísta
E dizem que quem ama aceita o outro de forma real
Eles dizem tantas coisas
Será que eles estão certos???
Porque na realidade isso é tão diferente.
Eu só sei que não posso acreditar que o amor é tão banal.
Eu quero acreditar que pode dar certo
De novo e de novo
Posso continuar
Apenas acredite, estarei te amando por um longo tempo
Está dentro da alma e isso permanecerá
Meu amor é livre e eu estarei te amando por um longo tempo
Acredite, de forma real e isso permanecerá
Jaqueline
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s